Poemas 2019

0

Rodrigo Fialho in Outubro Azul Escola Básica 2,3 no. 2 de Elvas


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TRANCOSO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE TRANCOSO

Videos a Concurso

0













Ilustração 2019

0
EB23 Dr. José Neves Júnior

Agrupamento de Escola de Trancoso

Agrupamento de Escolas de Góis – Marta Castro

Agrupamento Escolas Canedo



Escola Dr Antonio Carvalho Figueiredo


Romper com falsas crenças

0

A tolerância e aceitação para com o que foge à norma, ao que se está habituado, é a melhor forma de prevenir a violência entre pares.
Apoiar para libertar as falsas crenças é crescer para um mundo mais saudável, mais compreensivo e naturalmente mais alegre.

Porque teremos nós que educar as nossas crianças para os conceitos que são tradicionalmente aceites pela sociedade vigente. As nossas emoções, os nossos sentimentos não se regem por estatutos sociais, por etnias, por diferentes tons de pele, pois debaixo de tudo isto somos pessoas que possuem as mesmas necessidade básicas.

Necessidades estas de ditam a forma como nos iremos sentir e pensar, pois se educarmos para a igualdade, para a tolerância e para a compreensão, certamente teremos crianças mais iguais, sendo que a máxima sempre foi e sempre será, “todos iguais, todos diferentes”. Aqui quando digo crianças mais iguais, refiro-me à aceitação da diferença do outro como sinal da sua própria individualidade/condição, o que seja, mas que isso não a diferencie das vivências supostas para a sua idade.

Num mundo que muda a uma velocidade estonteante, mudemos também as nossas crenças, atitudes e forma como educamos os nossos filhos, educandos e alunos.

Necessitamos de mais crianças e jovens que se defendam, que defendam os outros e que se posicionem como igual ao outro, sem que este igual tenha que se referir ao mesmo tom de pele, aos mesmos gostos, interesses, estilos de vestir, pois é na diversidade que aprendemos a olhar sem criticar, sem julgar e sem retaliar.

Os jovens, que “sofrem” muito pelo contágio social, se deixem contagiar por atitudes como estas 🙂

Regulamento do Concurso 2019 – Outubro mês da prevenção ao Bullying

0

Apresentação da Entidade

O PortalBullying é um centro de ajuda online fundado a 30 de janeiro de 2010 (por ser o dia da não violência e da educação pela paz) e funciona como uma ferramenta de auxílio na disseminação da violência entre pares, fomentando o diálogo e a partilha de experiências. Através das novas tecnologias oferecemos um serviço especializado em casos de Bullying e Cyberbullying. Aqui os jovens podem participar no fórum, discutir sobre alguns temas ou enviar as suas dúvidas. O chat permite “falar” com um técnico, em anonimato, e esclarecer, em tempo real, as angústias sentidas. Quando o chat não está online, há sempre uma resposta por e-mail.) Pais e toda a comunidade educativa também encontrarão o material necessário para fazer face às dificuldades sentidas no que respeita à relação entre pares.

Esta página é da responsabilidade da Drª Tânia Paias, especialista na avaliação e no acompanhamento das problemáticas associadas à violência entre pares.

A nossa missão é facilitar o ajuste emocional e intelectual das crianças e jovens, dar suporte à comunidade educativa e família e promover atitudes preventivas que facilitem o ambiente escolar.

O PortalBullying pretende consciencializar para a importância das atitudes individuais e coletivas na promoção das boas relações.

Âmbito da Ação

Sensibilizar e contribuir para a mudança do ambiente escolar, prevenir e fomentar relações saudáveis entre os jovens. Sabendo que a escola é um espaço que congrega várias realidades económicas, sociais e faixas etárias distintas, e que o efeito grupo assume especial destaque, e que a agressividade é algo inerente à condição humana, torna-se necessário pensar em estratégias que promovam uma vivência mais salutar, que apelem à cidadania, à empatia, ao respeito por si e pelos outros. Fomentar e permitir que alunos, professores e demais funcionários do espaço educativo usufruam de ambientes mais agradáveis e com cidadãos que defendam e se impliquem em causas nobres, é responsabilidade de todos.

Aproveitar Outubro como o mês de prevenção ao Bullying e promover na escola um espaço de aprendizagem que vá muito para além dos conteúdos pedagógicos, torna-se fundamental. Pretendemos assim auxiliar os jovens neste crescimento enquanto cidadãos plenos dos seus direitos e deveres, conscientes dos seus atos, dos seus valores morais, estéticos e étnicos, que saibam atender às suas necessidades, mas também às necessidades dos outros.

Atuar junto de uma população que é mais permeável, vulnerável e em plena fase de definição de interesses e valores, faz com que estas iniciativas assumam especial destaque e pertinência. Auxiliar os agrupamentos de escolas neste processo torna-se imperativo. Todos pretendemos uma sociedade mais justa, equitativa e solidária, com jovens empreendedores e que se impliquem e envolvam numa causa, por isso temos que tornar esta a nossa missão.

Público Alvo

Destina-se a todos os agrupamentos de escolas básicos e secundários, com alunos compreendidos entre o ensino pré-escolar e o ensino secundário, do território nacional.

Conta com vários parceiros, promovendo uma competição saudável entre os agrupamentos e premiando os 5 trabalhos, de entre as diferentes modalidades a concurso, que melhor representem a temática em apreço.

Objetivos

Colaborar ativamente na sensibilização de Outubro – mês de prevenção ao Bullying e alicerçar outras formas de auxílio à comunidade educativa;

Alertar, sensibilizar e auxiliar na prevenção ao bullying;

Prevenir comportamentos de risco;

Capacitar os jovens para a ação e incentivá-los na adoção de um papel ativo na comunidade escolar;

Condições

Para participar cada agrupamento de escolas terá que se registar no site do portalbullying (canto superior esquerdo) e preencher o formulário do concurso

O envolvimento de cada escola pressupõe a execução de material criativo (vídeos, ilustrações, fotografias, poemas e frases) que exemplifique boas práticas nas relações entre os jovens.

Em cada escola tem que haver um professor responsável pelas atividades;

O material tem que ser enviado para o email concurso@portalbullying.com.pt até as 23h59m do dia 31 de Outubro e deve conter, no corpo do texto, os mesmos itens do formulário. A omissão destes dados, fará com que o trabalho não seja considerado.

O material será utilizado pelo portalbullying nas suas ações de promoção e sensibilização relacionadas com a temática em apreço.

Todas as escolas aderentes comprometem-se a divulgar as plataformas do portalbullying que servem o propósito do concurso, bem como asseguram a boa utilização do material disponibilizado.

Cada uma das modalidades a concurso, terá divulgação por entre as diferentes redes sociais do portalbullying (youtube, instagram e twitter)

Avaliação dos projetos

A votação decorrerá nas diferentes plataformas do portalbullying (facebook e youtube) e 5 os trabalhos com mais likes, de cada categoria a concurso, serão selecionados para avaliação do júri do concurso.

Júri

Será composto por especialistas das áreas inerentes à temática dos trabalhos. A decisão final não é passível de recurso.

Prémios

Serão entregues aos vencedores de cada categoria Vídeo/ Ilustração I Fotografia / Poema / Frases:

um exemplar do livro Tenho medo de ir à escola, 2014 Esfera dos Livros (com histórias reais de vítimas de bullying e cyberbullying e histórias motivacionais)

Uma mochila da marca TOTTO

Cartazes e flyer´s preventivos

Cronograma

Outubro –  recolha de material. Último dia de entrega o 31.

Novembro

  • 3 a 7: carregamentos dos trabalhos nas plataformas
  • 10 a 14: análise e votação externa do material
  • 17 a 21: avaliação pelo júri do concurso
  • 24 a 28: divulgação dos resultados

Os agrupamentos vencedores serão contactados para articular a melhor forma de entrega dos prémios

Disposições finais

O portal reserva-se o direito de, em qualquer altura e caso necessário, alterar e aditar o presente regulamento, sem necessidade de comunicação prévia.

A candidatura das escolas pressupõe o conhecimento e aceitação dos termos e condições previstas no presente Regulamento.

Qualquer participante que viole o regulamento do concurso, e que faça uso de conduta imprópria e se aproprie de qualquer material preventivo sem o uso para que está destinado, será excluído. Também serão excluídas as escolas cuja participação seja realizada com recurso a dados falsos e que não respeitem os pressupostos base.

As escolas comprometem-se a divulgar (pelas redes sociais, plataformas online e associação de pais) todo e qualquer material que se reporte ao concurso.

O portal reserva-se o direito de alterar, atrasar ou prolongar esta iniciativa, ou até mesmo de a cancelar, sempre que se verifique atividade ilegal ou fraudulenta, ou qualquer condição que afete o bom funcionamento da mesma. Tal situação pressupõe igualmente o cancelamento dos prémios a atribuir.

As escolas/participantes aderentes devem autorizar a utilização de todo o material resultante da participação no projeto, assim como este deve possuir o logo do portal e respetivos links das suas páginas.

Outubro mês da prevenção ao Bullying

0

Outubro mês da prevenção ao Bullying – Concurso

Este é um movimento que nasceu em 2006 nos Estados Unidos pela PACER’s e teve como propósito recordar que é necessária uma ação efetiva para prevenir o bullying e que a mobilização de todos fará a diferença “THE END OF BULLYING BEGINS WITH YOU”

Promover boas relações entre os jovens, e fomentar um ambiente mais saudável nas escolas é nossa preocupação, por isso o PORTALBULLYING.COM.PT – centro de ajuda online, fundado em janeiro de 2010, junta-se a esta iniciativa e disponibiliza uma série de material que pode ser utilizado pelos agrupamentos de escolas do país.

Se em Outubro da América importamos o Hallowen, porque não importar o mês da Prevenção ao Bullying e a partir daqui encetar todo um leque de atividades preventivas e de promoção da boas relações escolares?

O portalbullying irá disponibilizar cartazes, flyers, sugerirá livros para leitura orientada, disponibilizará histórias motivacionais, e irá promover um concurso que terá como objetivo principal estimular a criatividade dos jovens e torná-los mais conscientes e voluntários.

Não podemos dissociar o bullying da vertente online, pelo que, neste concurso, apelamos a uma adequada utilização das novas tecnologias. Sabendo que as redes sociais são parte integrante da vida dos jovens e um motor imediato de divulgação da informação, todo o material recebido terá de ser enviado por email, e as votações decorrerão no facebook do portalbullying

Formulário de Inscrição

Ciclo de estudos da turma (obrigatório)

Contactos

Clique aqui para aceitar as condições.

Júri do Concurso Bullying

0
work

Júri do Concurso “Outubro mês de prevenção ao Bullying”.

Caros participantes, o júri do concurso – “Outubro mês de prevenção ao Bullying” é composto pelos seguintes elementos:

Dr.ª Tânia Paias – Psicóloga Clínica e responsável do Portalbullying.
Brian Claudino – Ilustrador/Designer.
Hugo Soares – Professor de Design e Comunicação – (ISMAT, EPGE).

Vencedores do concurso

0
vencedor-bullying
Vencedor Bullying

Vencedores do concurso
“Outubro mês da prevenção ao Bullying”

No mês de Outubro lançamos um desafio às escolas sobre prevenção ao Bullying e, foi com enorme satisfação que recebemos de todo o país as várias propostas nas diferentes categorias (Vídeo, Fotografia/ilustração, Frases e Poema).

Hoje deixamos a lista dos vencedores do concurso

 

Categoria Vídeo

Categoria Fotografia/ilustração

Categoria Frases

Categoria Poema

Parabéns a todos!

É tempo de refletir

0

working

Terminada a fase de votação do público, é agora altura de analisar cada trabalho, cada mensagem e todo o empenho colocado nesta causa.

De facto foram meses intensos, de trabalho e de união, juntámos Portugal de uma ponta à outra em prol desta missão.

Resta-nos agradecer todos os trabalhos enviados, bem como a pronta resposta à nossa solicitação.

Estamos gratos pela diversidade e qualidade dos trabalhos, e como puderam ver pelos trabalhos, até os mais pequenos podem dar o seu contributo.

O nosso muito obrigado.

Em breve teremos novidades.

 

Texto sobre Bullying pela Escola de Mora

3
Gniyllub

GNIYLLUB
Girei a palavra bullying!
Nem queria acreditar!
Imaginam o que mudou!
Yes!
Lutei com todas as forças!
Livre, finalmente!
União entre todos!
Boa! Acabou!

 

Pensas que és o rei,
Por andares a gozar,
Mas não és…
…enquanto não souberes liderar.
Humilhar, gozar, rebaixar…
Mas só ganhas a luta,
Quando te souberes comportar.
Nós vamos estar aqui,
Para te ajudar,
E se alguma vez te lembrares,
Do que andaste a fazer,
Pode ser tarde demais
Para aprender.
Se voltares a conseguir sonhar,
Foi porque te demos a mão
Antes do pior acontecer!

 

Bullying é atitude cobarde
De quem age por maldade,
De quem não tem educação,
De quem age sem coração.

Bullying humilha,
Não é humilde
Não tem respeito pelo próximo,
Merece ser punido
É sempre um ato banido!

Queres saber o que dói?
Imagina-te a ocupar o lugar
De quem sofre,
Imagina o que sente
Quem não é tratado como gente!

Punir o BULLYING é urgente,
Como urgente é acusá-lo.
Nunca ocultes situações,
Pratica sempre boas ações!

 

Está toda a gente feliz.
Mas…e se há uma pessoa triste
Que não deixou de sofrer?
Toda a gente a ajudar,
Ela esboça um sorriso
E volta a ficar contente.
Diverte-se com os amigos
E vive livremente.
Mas no dia a seguir
Tudo volta a acontecer!
Até um dia alguém dizer:
– Chega! Não o vais fazer!

 

 

Quem sofre de bullying
Nunca se esquece.
Fica triste
E se aborrece.

Bullying não é brincadeira!
Fica atento!
Não dês moleza!
Pois a vida não é feita de tristeza.

 

 

O bullying para mim,
É bater e chorar.
Mas para os outros,
É só gozar.

Uma coisa é certa,
O bullying não se deve fazer.
Vamos deixar o passado,
Ser amigos e viver.

 

 

A não perder